CORRIDA Provas

Maratona de Buenos Aires 2015 – Nossa primeira prova internacional

download

IMG_6516

E por quê a Maratona de Buenos Aires como nossa primeira prova internacional?

Fomos convidados pelo Programa ESPN RUN Latam que nos presenteou com  duas inscrições. Tivemos a oportunidade de conhecer essa turma show durante a Maratona do Rio de Janeiro 2015 quando participamos do programa sobre o processo de treinos pré maratona e a maratona do Rio que completamos  juntos chegando com o  mesmo tempo.

fotorcreated_espn

Quem quiser conferir ai vai o link… http://bit.ly/1OYIQwl

espn run logo

Saudações aos amigos da ESPNRUN  Agostina, Tino e Lele que conhecemos pessoalmente durante as gravações no RJ  e Guido Santarcangelo que nos ajudou na retirada dos kits em Buenos Aires, pois só chegamos a noite na véspera da prova .

IMG_20151024_174106          IMG_20151024_174117

E chegou o dia 11 de outubro de 2015 e lá estávamos nós pegando um táxi já agendado na noite anterior para as 6h00 na frente do Hotel …….

mba18

Quando vimos o táxi já tinham duas crianças dentro e um grupo de corredores ao lado e tive certeza  que era nosso. Na hora perguntei ao motorista se era os das 6h00 e ao confirmar informei os corredores que o táxi era nosso, mas que claro poderiam ir mais duas pessoas com a gente. Nestes dias de prova em qualquer lugar do mundo pelo horário e quantidade de corredores se perder o seu transporte ou não agendar pode perder a prova.

E la fomos nós com um casal de colombianos super simpáticos que durante o trajeto dividiu a vontade imensa de fazer a São Silvestre ainda em 2015.  Assim que chegamos ao destino nos despedimos pois eles ainda esperariam o restante do grupo que não tinha agendado táxi e tido a sorte da carona salvadora.

Aí a primeira  missão era  encontrarmos  Indio Cortinez,  amigo de Nercy Freitas, brasileira maratonista lenda e ganhadora de várias edições da Maratona de Buenos Aires,  sem falar nas excelentes posições obtidas quando não levou primeiro lugar… entre segunda e terceira  colocação e nossa mentora para este desafio.

DSCN1513

Conforme Indio Cortinez nos orientou via Whatsapp, achamos seu espaço facilmente com todos os caprichos que fazem os corredores felizes: guarda-volumes, massagem, hidratação e alimentação fartas e acima de tudo camaradagem e simpatia!

DSCN1502

DSCN1503

Ele e seu pai são figuras impares e que nos receberam com total carinho, a famosa  acolhida de amigos da corrida que todos que já vivenciaram conhecem. Não precisa se conhecer antes, simplesmente você combina, chega e tudo dá certo!

DSCN1504a


DSCN1507

DSCN1511

mba16

E falando de provas  vale comentar que ao preparar-se independente de onde seja, considere as surpresas e variações possíveis, principalmente aquelas que o afetariam de maneira significativa. No meu caso foi o frio que veio com aproximadamente 13 graus e  nas avenidas abertas  com  vento encanado caprichado.

Vídeo      Antes da largada frio e vento!

Os adeptos e acostumados a essa temperatura ou menos correm só de camiseta e calção, mas se não for o seu caso, aquele corta vento será muito bem vindo ou o que achar necessário.

DSCN1516

Outro ponto é a alimentação no dia da prova ou o café da manhã que na maioria dos hotéis não têm pelo horário que saímos e acordamos.

Até tentamos um café mas a dica do recepcionista foi para não arriscarmos, pois seria feito na véspera para tomarmos só na madruga e ai não seria uma boa ideia.

Fato, apesar de não ser corredor mandou muito bem pois café passado poderia cair quadrado  no pior momento ou seja, a menos de três horas da largada.

O que fizemos?  Na noite anterior no jantar nos abastecemos com alguns pães mas que para mim César não foram suficientes, muito pelo contrário. Estou acostumado a comer bem duas horas antes das prova e ainda levar alguma fruta para comer meia hora antes.

Conclusão: Corri a maratona em uma condição nova unindo frio com alimentação aquém do acostumado e senti durante toda prova a diferença;  tendo um metabolismo rápido sinto claramente a queima de energia e como está meu organismo nesse processo pedindo mais ou não. E adivinhem… pediu mais claro!!

Resolvi com gel e depois da metade da prova com frutas fornecidas pela organização.

Diga-se de passagem a hidratação foi muito boa e apresentada de maneira diferente e interessante.

Nos quilômetros informados que teriam hidratação, distribuíam  antes  e depois em vários pontos o que evita aquela aglomeração durante e que fatalmente vai alterar seu ritmo se não fizer uma passagem livre e sem obstruções por outros corredores etc.

Outro detalhe foi encherem os copos de isotônicos até a metade, evitando o desperdício e o quase inevitável banho de gator/powerades ou seja la qual for  ao tentar a reposição correndo ou trotando .

Facilita mas não é a mesma coisa que uma embalagem própria para o consumo em movimento.

Também haviam vários banheiros químicos durante a prova o que me fez muito feliz rsrsrs! Não sei o que aconteceu mas nunca fui tanto ao banheiro em nenhuma prova anterior, enfim obrigado planejamento! Possivelmente o frio me fez suar menos, logo a consequência foram paradas obrigatórias.

Administramos vários fatores durante uma prova e  ter  banheiros em quantidade suficiente  é simplesmente o paraíso além de evitar as escapadelas constrangedoras e impróprias mas as vezes fruto do desespero.

DSCN1544

Cada  prova  realizada  aumenta e enfatiza o valor pelas coisas simples porém essenciais e que  trazem a tão buscada felicidade… sabe como?

DSCN1543

Ao trocar a roupa molhada no frio por uma seca, tomar um café quente ou chocolate, aquele banho frio ou quente, dormir depois e como é bom esse sono reparador, comer, rir, tomar água e nada mais, sentar-se com a pernas para cima, comemorar  com você e os amigos, conhecidos ou não.

Essa é a resposta para  questionamentos comuns como:  Correr para que?  Por que sofrer tanto?

Não é uma questão de sofrimento e sim de superação que o leva para elevação e desapego, mais progresso físico, mental, espiritual ou melhor…todos!

E lógico a tal da fé que o impulsiona sem cobranças e dispensa comentários.

Correr é um processo de engrandecimento do homem e uma excelente ferramenta para orientá-lo sobre como manter-se no equilibro.

Há desequilíbrios? Sim, claro que há, mas esteja certo que quando não respeitar ou desconsiderar, deixar de lado a linha mestra que o conduz para o bom caminho da vida, sem soberba ou afetações, o preço cobrado é alto e vêm a cavalo de raça e de maneira abrupta.

Buenas, enfim falando de cosas de viagens… no parque em Palermo antes da largada um som novo e intrigante nos chamou  a atenção:  pássaros que piavam,  se é que se pode dizer isso,  como latidos de cachorro, quase um periquito que late, um digamos um cãoriquito!

Me arrependi de não perguntar aos corredores locais qual era o nome do pássaro típico,  cheguei a desconfiar que era uma criança pregando uma peça naqueles corredores, mas era sim o Cãoriquito de Buenos Aires! Se alguém, souber  o nome desta ave agradeço a informação!

DSCN1526

A largada é linda com  arvores que emolduram o caminho até cruzarmos o pórtico com o tempo já contando .

VIDEO        A três minutos da largada ou El caminito !!

Foi certamente a largada mais lenta de todas pois desde que soou a sirene até chegarmos ao pórtico e ligarmos os gpss foi quase uma procissão. Assim que passamos houve uma dispersão e a prova começou para valer!

VIDEO          É devagar, é devagar é devagar devagarinho…

Estivemos na Av. Figueroa Alcorta por aproximadamente 3,5 km, depois virando a esquerda na Av. Sarniento e a esquerda na Av. del Libertador até os 8 km aproximadamente.

VIDEO          Passando pelos 8 km e vamos em frente

DSCN1536

Foram muitos parques, praças, arquitetura diversificada e muito monumentos.

DSCN1539

Passamos pelo centro, Casa Rosada, Estadio do Boca Juniors e arredores, área portuária, Puerto Madero, Reserva Ecológica Costanera Sur e de volta ao Paseo de Las Américas e chegada.

VIDEO        10 km e 32 pela frente, melhor estar leve e solto!

Fim de prova, será?  Fechamos juntos os 4h49 min e olha a cara de premunição de que algo ainda passaria…

DSCN1550

Sim, a prova havia acabado mas iniciávamos uma nova maratona, a de conseguir um táxi para voltar. Ao perguntarmos a primeira indicação foi: andem até a rotatória que lá deverá ser melhor, pois toda área estava fechada por conta da prova.

Chegamos e nada de táxis, só uma area residencial domingo de manhã. Viramos a direita e andamos uns cinco quarteirões até uma grande avenida. Tentamos por mais de meia hora mas estavam todos lotados e a ao vermos um Starbucks, o da Calle Olazabal, decidimos entrar e relaxar até passar o momento 12.000 corredores tentando um táxi.

401965_10151496031384751_510595838_n

Logo na entrada cinco corredores sentados  na mesma situação no café com bolo, e mais ao fundo uma corredora e sua filha que estavam neste sofá; a filha muito bem e a corredora em estado de recuperação… como disseram alguns argentinos que tinham o andar quadrado pós prova, são as sequelas que as vezes e manifestam…rsrsr.

12011174_10153307194719751_1953586015572973026_n

Ficamos por volta de 40 minutos e ai foi fácil pegar um táxi e voltarmos ao hotel. Ambos motoristas da ida e da volta foram bem atenciosos .

Ok, havia chegado a hora do banho e comida e pelo horário virou jantar!! Pedimos aquela dica clássica no hotel e para nossa sorte havia a indicação a menos de dois quarteirões chamado Chiquilín e não entramos; mas na frente sim estava o escolhido, o Las Canãs, um restaurante ítalo-argentino tradicional com publico variado de artistas de teatro a turistas, senhores locais, casais e famílias.

mba26

O garçom que nos atendeu domingo a noite  foi o Carlos e segunda no almoço o Féli. Comida ótima, preço honesto e bom atendimento. Optamos por massa e carne nos dois dias e não nos arrependemos ..

mba25e doce de leite oras ….

mba28

..fica a dica e Salut!!!

No dia da volta saímos para um giro nos arredores encontrando ícones de arquitetura e mais monumentos.

IMG_6514

IMG_6516

E acabamos no La Americana  no treino regenerativo de regime de engorda experimentando ótimas empanadas!

mba21

mba20

mba23

E falando mais de viagem agora, o único vôo direto que tinha Rio – Buenos Aires era o da  Emirates.

emirates-b777-with-logo

A primeira impressão foi ótima pois nunca havíamos viajado com a Emirates e a minha melhor lembrança era o serviço impecável da KLM. A assertividade e profissionalismo no atendimento unido a uma postura de hospitalidade e conhecimento sem subserviência foi impactante, desta forma nunca tinha experimentado.

Fica o elogio a equipe do vôo EK 247 que nos atendeu na classe econômica com postura de primeira e foi tudo muito bom.

Quando algumas pessoas prezam pela excelência merecem reconhecimento, só sinto não ter o nome de cada um para deixar registrado individualmente o elogio!

IMG_20151010_191821

Resumindo, três dias de esporte, viagem, gastronomia e amizade!

DSCN1555

Fica o nosso obrigado a ESPN RUN, Nercy Freitas, Indio Cortines e Genius ! E un Gran Saludo a todos Hermanos !

Até a próxima!

4 comentários em “Maratona de Buenos Aires 2015 – Nossa primeira prova internacional

  1. Também curto tudo que envolve a prova, cumprir o percurso e depois comer,beber e conhecer novos amigos. Parabéns aos dois !

  2. Parabéns casal, viagem com prova ou prova de viagem, não sei ao certo, mas deu vontade de participar! Atividade 360 passou a ser, para mim, um referencial de boas dicas de viagens cercadas por esportes out door!
    abs

    • Fala Ivan !!! Só falta você agora em uma próxima,seja treino ou prova estamos aguardando sua presença e de quem quiser vir junto!! Aliás têm trilha travessia na agenda para o final do ano, vamos! Forte abraço meu irmão !!!

Deixe uma resposta para Ivan Hannickel de Castro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: