VÍDEOS

Caminhando em Urubici !

Já havíamos estado em Urubici anteriormente com amigos para conhecer os arredores, só faltava o retorno e  a oportunidade.

A diferença principal para este ano foi a temperatura e a possibilidade do dia mais frio do ano em Urubici, logo  a expectativa de caminharmos com temperaturas abaixo de zero ou próximas.

Como o tempo nesta região muda rápido, a jeito foi se proteger do frio com bons casacos mas ter roupas leves  por baixo ou troca para o calor caso viesse.

E na madrugada fomos  a caminho da nossa carona e dos nossos novos amigos. Carona essa literalmente um presente, pois íamos de moto e ai sim congelaríamos, mesmo com equipamento.

Saída de casa as 5h15  para encontro as 5h30 na frente do ginásio de Treviso. Ninguém na rua e uma boa friaca, no relógio  5º graus Celsius era o que tínhamos. Por sorte as benesses tecnológicas ajudando, como nosso amigo Fabio de Godói não estava no ginásio imaginamos mudanças, e assim foi, estava na praça da igreja e lá fomos nós ao encontro.

Dois seres andando sozinhos no meio da rua na madrugada fria com mochilas são facilmente reconhecidos e na metade do caminho nos encontramos na rua.

Todos apresentados, César, Sheila, Fábio e Bruna, agora era só acelerar sentido Bom Jardim da Serra.

As baixas temperaturas, fora o frio, também nos propiciam espetáculos, e assim foi ao subirmos a Serra do Rio do Rastro,  chegando ao mirante um nascer do sol indescritível!

Vale uma observação, se o café estivesse aberto faturaria  com pelo menos umas 50 pessoas nesse horário, entre elas um grupo se preparando para três dias de trilha pelos campos de Bom Jardim, mais famílias, namorados e crianças. Nós certamente tomariamos uns dois cada um, mais pão de queijo, além do pastel que já provamos e é muito bom, fora chocolates etc etc. E o cão guardião presente e  tranquilo no seu pedaço!

Ok, impactados pelo visual…

…seguimos pela estrada e novas pinturas da natureza foram se abrindo em nosso caminho.

A constatação do frio era clara, geada e até dois dedos de gelo no teto e no capô de carros pelo caminho. E ai ficava a dúvida, será que estará pior em Urubici?

Não adiantava imaginar, afinal estaríamos lá breve para ver de perto!

Logo na descida para Urubici outro visual matador…

… a cidade coberta pela névoa que nos trouxe boas esperanças, afinal neblina baixa, sol que racha!

Chegamos no Hostel do Graxa, ou melhor Graxaim Ecohostel, e praticamente todos os caminhantes já estavam lá com alguns últimos chegando.

Sim, estava bem frio nessa hora.

Após as palavras do organizador Paulo Cadallóra, levando em mãos o tambor Xokleng, seguimos para o ônibus que nos levaria até  o local de partida.

Chegamos e o sol já estava começando a ficar forte, o que nos obrigou a começar a tirar os casacos.

Partimos ao som das batidas do tambor Xokleng para os nossos kms de caminhada .

O publico é variado , de montanhistas experientes a caminhantes começando suas aventuras pela natureza. O evento é muito bem detalhado, informando especialmente a altimetria e observações pertinentes para os participantes.

Altimetria em uma palavra é subida, e para bom entendedor tudo que sobe desce e tudo que desce sobe, capiche?  Subidas para ninguém botar defeito.

Logo de cara todos botaram as pernas para funcionar em uma boa ascensão!

Passamos por lugares mágicos e vales misteriosos!

Cada um tendo a oportunidade de observar 360 graus de informações e impactos sensoriais, estímulos no ver, ouvir e sentir, na pele, na cabeça , no espirito!

Sem falar nos seres que acaba encontrando…

A temperatura variou, esquentou de cara mas quando entravamos na sombra ou descampados nos lugares mais altos, o frio voltava, tão logo saíssemos destas características vinha o  calor na mesma intensidade.

Esse é um equilíbrio difícil que só a experiência te dará juntamente com o conhecimento das  suas necessidades. Cada um, cada um! Só você saberá como suprir suas necessidades, agora uma dicas com a turma experiente é fundamental e facilita muito a vida.

De repente me deparei com um morro de fácil acesso, onde o Cadallóra já estava,  e que possibilitaria uma boa visão dos arredores e dos caminhantes. O impulso foi direto e quando me dei conta já estava no cume.

No caminho, essa caveira de burro ou cavalo, não sei, muito bem posicionada de olho em quem passava.

E a caveira em questão têm sua imponência na maneira como foi colocada e como esboça o olhar fixo e determinado para todos, com uma postura de poder e força.

Dá para imaginar alguma história do animal e como possa ter morrido,  se é uma homenagem do dono ao velho amigo ou se é uma volta para vingar-se de maus tratos…o que faz bater na hora uma tristeza, porém, pelo sim, pelo não, gostei de encontrar os restos do bicho.

Fico com a primeira versão que veio a minha cabeça, de um cavalo amado e bem cuidado que ao morrer teve sua caveira colocada no alto deste morro, onde descansava, nas paradas de cavalgadas com seu cavaleiro ao contemplar  esse horizonte único e imponente.

E lá fomos nós a caminho da nossa parada para o almoço. Nessa foto a caveira do nosso amigo já têm um ar,  não mais agressivo e sim de despedida com uma certa melancolia…como quem recorda seu dono e bons momentos em vida. Quem sabe quando estarão juntos pelos campos do infinito?!

Quase na parada, essa árvores misteriosas em um bosque que nos convidava para entrar, mas só na próxima oportunidade, dessa vez não havia tempo.

E ai sim, como saco vazio não para em pé, energias repostas e de volta a estrada!

Aqui começava a parte final da trilha…

Iniciávamos um caminho onde o mato estaria não fechado mas perto disso, mas com a passagem definida e sem problemas.

Pontos de água e riachos, e ai a lama vêm no pacote.

De repente se abriu um descampado…

E a esquerda um vale fantástico que dava a impressão de jamais ter sido pisado pela dificuldade do acesso, tamanho declive e mata fechada.

Continuamos, e ai sim a trilha fecharia e a lama estaria presente sem dó! Meu tênis quase ficou umas varias vezes.

Vegetação deslumbrante!

E a possibilidade de ver de perto o que foi avistado de cima. Esses troncos vi do último descampado e chamavam atenção por se destacar na mata, essa parte formava quase uma ilha de vegetação independente dentro da parte maior.

Aqui lama no pé mas nem tanto no caminho…

Continuamos descendo pela trilha…

E folhas enormes de aproximadamente 2 metros de largura…

O sol da tarde nos presenteava com seu calor, pois a temperatura ja começava a cair …

E nada como pés molhados em mais um riacho para mantermos o coração quente, se mão fria, coração quente, só nos resta acreditar que vale para pés também!!

E fica difícil resistir a algumas fotos, são pinturas vivas com as quais nos deparamos o dia todo!

O sol começava a se por de verdade, assim que caísse atras da montanha a sombra nos daria as boas vindas do fim de tarde…

Mas antes  o ultimo rio e a escolha pela água ou pela ponte que dava suas balançadas.

E agora sim,

Quase no ponto de encontro onde o ônibus pegaria os caminhantes…

Cara de alegria da dupla, Bruna pensando no bolo e Fábio no café!

Por do Sol em Urubici !

E a turma unida esperando o resgate. um ônibus já havia saído.

Estrada linda e decidimos deixar o ônibus  e seguir a pé…

Afinal quem caminhou 17 km, alguns kms a mais só vão melhorar a experiência!

Não deu outra, seguimos com o Márlon e sua turma!

E muito, muito verde!

A passagem pelo ultimo rio, agora pela ponte, rsrs!

E a foto dos finalmentes antes do café!

Nesse ponto todo mundo ja havia comido seus doces, salgados, etc etc etc, por isso esta assim tranquilo! A fila na chegada foi do tamanho de quem anda o dia inteiro! rsrs

E para matar a vontade do dia todo… CAFÉ, e antes a cerveja Climb, do Felipe Ronchi!

E ai o ônibus para voltarmos até o Hostel do Graxa! Chegando troca de roupa ou parte dela, camisas molhadas e meias na hora, e se tiver o tênis também!! Ai despedida geral e o retorno a caminho de Treviso eu e Sheila, e de Criciúma Fábio e Bruna.

Novos amigos do coração, dia fantástico e só definindo a próxima brincadeira !

Fica a dica e o convite para quem não veio ainda, e a certeza de momentos especiais! Esperamos você, amigos e todos que se permitam uma nova experiencia!

E agora para fechar é só conferir o nosso vídeo!!

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0 comentário em “Caminhando em Urubici !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: