CORRIDA PROVAS

Correndo a TURTLE RUN em 2014 e 2015

preta

A Turtle Run 42K – é a primeira maratona Off Road Rio de Janeiro, foi realizada 07 de setembro de 2014 em sua primeira edição, podendo ser feita em quarteto, dupla ou solo, e aí vai como foi nossa experiência na primeira edição. Abaixo o percurso atualizado 2015.

10409176_846517635426691_3520722043589408223_n

A segunda edição da prova dia 04 de julho de 2015 teve mudança na ordem dos trechos beneficiando a todos por melhorar a fluidez e a segurança na área urbana logo melhorando a performance. Contou com a presença do atleta Iazaldir Feitosa, referência em corridas de trilha no Brasil e no mundo.

Quando soubemos desta prova em 2014, através de um amigo maratonista chamado Souza Reges, tivemos a certeza de que a faríamos, afinal vindo de quem veio a dica, sem pensar já sabíamos que seria das boas, uma daquelas que não são fáceis, muito pelo contrário, mas que os ganhos superariam e muito quaisquer dificuldades!

  10570361_680069828738140_4287071735004281805_n

10527851_691461740932282_6576907744957444534_n

 Além disso, outros motivos muito simples e convincentes como:

1- Percurso ter sido escolhido a dedo por duas feras, Alexandre Ribeiro (campeão mundial do Ultraman e recordista mundial do Race Across America) e Virgílio de Castilho ( Vencedor do Long Distance Sesc Paraiba 2014 – Triatlon de Longa Distância e Medalha de Prata no Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo em 2003).

«Íï

2- Prova em uma das regiões mais bonitas do Rio de Janeiro com paisagens maravilhosas.

«Íï

3- Oportunidade única de conhecermos de perto aproximadamente 42km de pura diversão onde certamente 75% da distância nunca tínhamos corrido, o que nos possibilitaria voltarmos para treinos e passeios.

E vale a observação voltarmos em dupla ou em grupo maior, sozinho nesses trajetos não é aconselhável por passar por lugares onde um acidente pode impossibilitar a vítima de pedir socorro e aí já viu.

Como sempre é cada um na sua e sempre juntos, nos inscrevemos em dupla para eu César de Castro fazer os trechos 1 e 2, e passar para Sheila Zanesco o 3 e 4, só que na hora não resisti e segui com ela direto até o final.

Sem título-1

A “Turtle Run” por conta dessa decisão virou minha segunda maratona e a primeira OFF ROAD, e o raciocínio foi fácil… os 4 trechos eram tão fantásticos que não poderia admitir perder uma oportunidade dessas para conhecer correndo todo o pedaço!

turtle 2014 a caminho da largada

A largada aconteu no Pontal/Recreio e as transições dos trechos no canto de Grumari.  Sendo assim o primeiro trecho foi Pontal, Praia da Macumba, subida da Prainha e Praia de Grumari na areia até o canto.m

 

10352909_691460194265770_2640178885067525506_n

O segundo trecho saía em direção a Serrinha de Grumari e logo no começo já entravamos na mata em uma piramba radical quase engatinhando, e aí era só mata até chegarmos no alto e ao encontro da “Pedra do Telegrafo”que proporciona uma vista única de Barra de Guaratiba e Restinga da Marambaia a esquerda , e a frente e a direita Praias do Inferno, do Meio, Perigoso e das Conchas, Grumari, Recreio, Barra e ao final no horizonte a Zona Sul do RJ.

«Íï

«Íï
Ai era só descermos tudo para encararmos o trecho 3, sem imaginarmos que encararíamos um single track que desafiava a todos deixando a dúvida sobre estarmos no caminho certo ou não, e para alegria estávamos no caminho certo!
E o terceiro trecho foi uma loucura, com o sol castigando, de trilha na mata a areia, rochas e subidas que de tão íngremes só com auxílio de uma mangueira de bombeiros deixada para fazermos a escalada, sem falar nas passagens escorregadias por conta da terra fina e seca e a Pedra da Tartaruga pela frente!

Após a descida era Barra de Guaratiba até a entrada da Serrinha de Grumari, de novo em suas subidas típicas e acolhedoras pelo visual lindo mas totalmente sem dó!
Finalmente o quarto trecho que era Piabas, uma nova subida na mata agora sentido ao sertão para transpormos a montanha de Grumari para só então sairmos na Estrada do Pontal sentido Macumba para o Portal de Chegada.

 

«Íï


Chegamos e a recepção pela dupla Alexandre Ribeiro e Virgílio de Castilho acompanhando de perto a chegada de todos os corredores não têm preço!

«Íï


E aí você se pergunta, porque TURTLE RUN 42 OFF ROAD?

images

Certamente porque têm que ter casca grossa para encarar, saber que em alguns trechos não vai conseguir correr e pela resistência e força que precisará administrar para só então chegar!

E  como diria uma tartaruga…Vai devagar para chegar rápido…, com todo respeito a turma que simplesmente voa correndo, e sabemos que  na cabeça dos super rápidos acham que estão devagar, podendo sempre melhorar, o que é fato! No final simplesmente “Tartarugas Ninjas” !!!

2 comentários em “Correndo a TURTLE RUN em 2014 e 2015

  1. Sandra Rangel

    Participei da prova ano passado na categoria solo; e, sem dúvida quem participa dessa prova deveria ser qualificado como “Tartaruga Ninja”.

Deixe uma resposta para Sandra Rangel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: