CICLISMO

Pedal Urbano no Rio, será? Audax Brevet RJ 200k !

Audaxrio Urbano 200k

No dia 10.12 terminamos nossa super conquista , O Super Challenge do Rei e Rainha ou seja  nadar 10k no mar  e fomos na sequencia para o congresso técnico do Audax Rio Urbano 200k. Nessa tarde quente encontramos alguns amigos que iriam encarar o desafio do domingão como André Rocha, Sérgio Bernardo e Felipe Figueiredo.

20161210_161207

A apresentação do percurso de 200k impressiona pela complexidade, saída de Copacabana, passando pelo Aterro do Flamengo, Centro, Maracanã e seguindo para Tijuca,  em seguida entrando no PNT – Parque Nacional da Tijuca, depois Jardim Botânico, Barra, Recreio, retorno ao Pepê e seguindo pela orla pela Barra , Pontal, Grota Funda  até Barra de Guaratiba e voltando tudo por Grumari até Copa. Ufa! É um senhor percurso com inúmeros desafios.

Screen Shot 2016-12-19 at 4.23.48 PM.png

O Audax é uma prova de regularidade, por isso, saber navegar pelo trajeto, dentro do tempo e carimbar o passaporte em  todos os PCs (postos de controles) são tarefas importantes, sempre dentro do tempo limite para não ser desclassificado.

Estes eram os PCs:

Largada na Praça Manoel Campos da Paz (Copacabana)
Hora da largada: 7:30

PC 1 – Bom Retiro (km 30) – (8:30 a 10:00)
PC 2 – Jardim Botânico (km 48) – (9:00 a 10:50)
PC 3 – Parque Olímpico (km 75) – (10:10 a 12:30)
PC 4 – Recreio Shopping (km 88) – (10:40 a 13:20)
PC 5 – Praia do Pepê (km 109) – (11:30 a 14:50)
PC 6 – Praia da Macumba (km 129) – (12:15 a 16:10)
PC 7 – Barra de Guaratiba (km 148) – (12:50 a 17:20)
PC 8 – Praia do Pepê (km 179) – (14:15 a 19:20)

Chegada até 21:00

No dia da prova, a largada atrasou, largamos as 7h50 e com isso a organização postergou os tempos de todos os PCs.

Era um misto de ansiedade com o tempo, se iria chover, se o sol iria castigar, se encontraríamos banheiro no caminho…essa era a conversa pré prova rsrs.

Audaxrio Urbano 200k

Eu Sheila Zanesco, notei de cara que a representação feminina estava baixa, porém as poucas representantes tinham aquelas pernas de quem pedala muito, sabe? Ciclistas de todas as idades e perfis, uma das características  do Audax.

Pois bem, lá estava eu Sheila audaciosa Zanesco começando a encarar os 200k de bike pelo Rio de Janeiro…Estava bem disposta, mas não havia tido tempo de estudar bem o trajeto. Baixei o App com o mapa antes da largada  seguindo a dica do amigo Sergio e na hora H era encarar e  seja o que Deus quiser.

dscn2770

No começo fomos todos juntos seguindo o carro guia que ajudou muito, principalmente no centro do RJ e assim conseguimos chegar até a entrada do Parque da Tijuca na praça Afonso Viseu no Alto da boa Vista.

Notava que eu estava com uma galera mais tranquila e despreocupada com o horário, coisa que não é muito comum para quem faz os 200k , especialmente esse. Pelas dicas ouvidas no congresso técnico o ideal era seguir firme e não perder tempo nos Pcs.

O percurso é duro, cheio de subidas ( Tijuca, Bom Retiro, Mesa do Imperador, Grota Funda e Serra de Grumari) e para conseguir fazer no tempo é preciso sempre parar hidratar, comer, carimbar e seguir… Aliás são duas opções para escolher, o 80k e o 200k.

O ponto de separação  era exatamente chegando na Barrinha, quando os pessoal do 80k seguiria a esquerda para o Pêpe e a turma dos 200k continuaria em frente sentido Barra.

Enquanto isso, não dava para identificar no grupo ou pelotão que estivesse  quem faria 80k ou 200k apenas olhando, só se perguntasse.

Porém a dúvida veio antes, será que eles (os grupos com quem pedalei) poderiam estar no Desafio 80k e somente eu nos 200k? Fiquei na dúvida pois como os grupos se juntam e separam com diversas pessoas, você pode estar com um pelotão e de repente ficar só por conta de ritmo, uma parada , etc etc.

entrada_do_1552009_84913

Subimos  brava e brutalmente da Tijuca passando pelas entradas do Borel  até a entrada do Parque da Tijuca e lá subimos mais até o PC 1 no Bom Retiro.

download

pnt

 

Eu havia combinado com o Cesar de encontrá-lo  lá, já que ele sobe mais rápido do que eu por conta da bike speed, então poderia subir na minha frente e nos encontraríamos no primeiro PC; porém ao me ver com um grupo na subida, e ao perguntar se estava tudo bem, tendo a minha confirmação acabou seguindo e  mantendo o ritmo.

Só as mensagens que ele me mandou do PC1 via Whatsapp depois, enquanto perguntava onde eu estava. Foi nosso primeiro gap de informação, pois como estávamos usando os celulares no modo avião para economizar bateria, só ligávamos os dados ao pararmos para checagem de mensagens, e ai por alguns minutos perdemos o contato.

Infelizmente na subida do Bom Retiro e não  encontrei o meu grupo, pois o pessoal se separou  e segui praticamente sozinha pelo PNT descendo até  o Alto da Boa Vista para acessar a subida para a Mesa do Imperador.  Sem saber muito bem o percurso é claro que sozinha não foi divertido, pois podem ocorrer imprevistos como um pneu furado, uma queda, etc. Se você é uma pessoa sensata levará os possíveis riscos em conta e avaliará a situação, para decidir pela melhor opção para você!

the-pagoda

Subi do Alto da Boa Vista  até a Vista Chinesa ao lado de um ciclista muito simpático, Fernando Thomaz Gangoni que me disse que iria fazer o Desafio 80k …e ainda não havia encontrado de novo a turma ritmo tartaruga dos 200k. Depois fiquei sozinha de novo.

download-1

 

Já no PC 2 na Padaria Século XX estava totalmente desanimada, triste e falei para o moço do PC…estou perdida…não quero mais continuar!  Ele foi gentil e paciente e me explicou o percurso até o próximo PC3.

Sai sozinha e peguei a Av. Jardim Botânico, Rua do Canal, Niemeyer, Ciclovia de São Conrado e na Barrinha encontrei uns perdidos como eu…me localizei no percurso e empurrei a molecada;  simbora…mas fato é que não estava feliz, não estava gostando de pedalar sozinha, já estava completamente desanimada.

O Cesar me ligou, eu falei que estava pedalando sozinha e não sabia direito o trajeto. Ele tentou me orientar mas já estava irritada nesta hora.

“Quando me achei me perdi”… foi assim como na música do Chico Cesar, estava indo bem na Av das Américas e entrei no lugar certo, mas achei que era o errado e ai voltei; e errei lindamente o trajeto.

Gritei, chorei e não quis mais brincar disso. Atravessei pela via subterrânea na Aírton Senna até o Parque Bosque da Barra e parei tudo. Fiquei lá até o resgate (César) chegar. Tomei uma ducha e relaxei.

E aprendi,  não tenho muita experiência no pedal urbano em vias abertas, ainda mais sozinha pelo Rio de Janeiro, não foi legal.

Ainda tinha disposição mas não quis continuar e como o meu objetivo é diversão perdeu o sentido…sendo assim, fui me divertir e tomar o meu açaí predileto na Barra 🙂

20161211_141516

Eu César, ao perder contato com a Sheila também perdi a empolgação. Afinal sabendo que nos perdemos sem saber em que momento  e ainda mais com a preocupação se estaria em um pelotão para passar por lugares não tão frequentados como o retorno para a Abelardo Bueno e Salvador Alende via Península, também não quis continuar.

Parei no PC 3 em frente ao Parque Olímpico e estava um sol insano! Tentei contato via Whats app e celular e consegui finalmente falar com a Sheila que estava  sem saber como seguir e chateada e na hora cancelei de vez a prova.  Perguntei onde estava e sem saber caiu a ligação! Tentei de novo e consegui falar e ela estava no Parque Bosque da Barra, já mais tranquilha e baixando a temperatura em uma ducha que tem logo na entrada.

dscn8871

Disse para não sair de lá e segui para encontrá-la! Como ouvi de um tio, mais importante do que a hora de entrar é saber a hora de sair, e nesse dia foi a hora de sair para os dois. Não nos arrependemos nada, afinal oportunidades não faltarão e acima de tudo segurança e diversão! Têm que ser divertido sempre!

E quando nos encontramos, não deu outra, missão abortada mas domingo não e seguimos para a Barra para tomar um acaí no Golden sucos, nossos point na área para reabastecimento como  sucos, etc etc etc.

barraca_atual

Ai voltamos pela Barra até o PC no Pêpe para avisarmos que havíamos deixado a prova,assim não ficariam nos procurando. Resolvemos seguir então  até a largada, dar um alô e depois casa.

Nessa última parada encontramos com dois ciclistas, segundo e terceiro lugar que já estavam voltando a milhão, e antes com vários ciclistas ainda indo para Barra de Guaratiba.

Ao chegarmos em Copa reencontramos a turma do pódio do segundo e terceiro lugar que fecharam muito bem, em aproximadamente 7:30h os 200k debaixo de um calor insano.

Aí era continuar curtindo o final de domingo, felizes por termos rodado praticamente 110km e seguir para o kit pernas para cima, pipoca e filme no melhor relax possivel!

E claro vamos incluir nossos amigos guerreiros que foram lá e fizeram bonito!!!

Seguem os depoimentos que pegamos nas redes sociais para parabenizar quem encarou este percurso pesado de 200k na cidade do Rio de Janeiro com um sol de verão!

André Rocha:

E o findy foi muito maneiro…2,5km de natação no mar no sábado, mar de almirante e limpinho em Copa e depois 200km na bike no domingo. Esse findy vale resenha de blog…saindo do R&R do Mar, fui almoçar e depois dei uma passadinha na reunião técnica do Audax pra dar uma espiadinha no percurso. Achei maneiro, fui lá e me inscrevi. Voltei pra casa, arrumei tudo na correria, pneus, bike, alimentação, etc… No dia seguinte, prova irada, percurso com subida do Alto, Bom Retiro, Mesa, Grota Funda, Serra dos Cabritos, etc… o calor é q estava INSANO, pedalamos dentro da estufa o TEMPO TODO depois de sair da floresta no Horto! Tava hiper bem até descer os Cabritos já com +/- 155km de pedal. Aí, no meio da Praia de Grumari, cãimbra geral, quadríceps, posterior, panturrilhas…o jeito foi o vovô aki fazer 2 paradas de meia hr cada na Prainha e no meio da Reserva pra aliviar as dores e vir devagarinho até chegar na Zona Sul e fechar a prova. Organização da prova espetacular, percurso muito show, pessoal muita gente fina. E o melhor de tudo…meus dois joelhos sequer me lembraram que existem!

Foto André Rocha - FB

andre-rocha_garmin

Sergio Bernardo:

Mais uma Prova de 200km na conta em 2016!
Realmente essa é a mais dura das edições do Audax. 11:36min. De Prova.
Resultados;
82 Conseguiram completar.
53 Não Conseguíram.

sergio-bernardo

sergio_e-agente

Felipe Figueiredo:

Do nervosismo dá primeira vez…

“Uma mistura de nervosismo, frio na barriga e medo. Mas vamos com tudo isso mesmo.
Partiu AUDAX RIO Urbano Brevet 200km. 🚴 💪 👊🙏
Toda positividade é bem vinda!@fe.figueiredo no Instagram
Fe_Figueiredo_audax_pre.jpg

A tão esperada hora da macarronada…

“A hora da Macarronada no PC 7do AudaxRio. Até aqui 146km na minha marcação. Agora o restante é na fé e na coragem. Vamos que vamos”. @fe.figueiredo no Instagram

screen-shot-2016-12-19-at-4-15-09-pm

A Conquista comemorada com a torcida…ou melhor a torcedora Giselle Mazzeo (namorada)

“Minha homenagem vai toda para vc hj. Meu lindo super Parabéns por esse conquista 200km em 12h47min não é para qualquer um não. Tô orgulhosa de vc. #audax #cycling #ciclismo#ciclismourbano #audaxrio #pedal #parabens#boyfriend #iloveyou #200km — com Felipe Figueiredo.” Giselle Mazzeo Facebook
felipe_figueiredo
 E agora é seguir para as próximas etapas ! Valeu Sérgio pelas dicas e Felipe pelo apoio até o Pc3! O Felipe estava comigo no Pc3 depois de rodar 76km quando decidi abortar a missão e voltar para encontrar a Sheila. Nessa hora reforcei que se quisesse poderia seguir, mas foi mega parceiro e ficou até o último momento, seguindo sozinho para se juntar a um próximo pelotão que na verdade não poderia saber se ocorreria ou não.  Sérgio também foi super parceiro no PC1 quando começou o desencontro.
Moral da história é que do esporte e desses desafios o que fica é a amizade acima de tudo e a ajuda mútua independente da situação.
Ficamos muito felizes, eu e Sheila, afinal Fizemos o Audax Guarapimirim com o Sérgio e participamos da estréia do Felipe nesse Brevet Urbano Casca Grossa, ambos terminando o desafio com chave de ouro, no tempo e muito bem!!!
E ficam as seguintes lições por mais obvias que pareçam, pois as vezes mesmo sabendo o que fazer a situação muda e como administrar o inusitado também, sendo essa hora o seu grande momento de decisão em quaisquer desafios que resolver entrar!
1-  Tenha o percurso todo se possível na sua cabeça.
2- Leve sua cópia no celular ou GPS , e também impresso. Vida digital é muito boa mas papel é papel, e claro no saco plastico amigo de fé irmão camarada.
3- Tente unir um grupo que possa fazer a prova toda com você, com o mesmo objetivo e ritmo.  Se algo acontecer com um integrante do grupo, todos ajudam e a coisa se resolve a jato!
4- No caso do Audax pelas vias não serem fechadas para a prova, o cuidado é dobrado e por conta do trânsito andar em grupo é praticamente uma necessidade básica de segurança para circular com o máximo de segurança e minimizar os possíveis acidentes.
5- Manter a cabeça no  lugar sempre, se estiver com celular deixe-o ligado e audível, e leve uma bateria extra sempre.
6- Defina planos B para possíveis desencontros e protocolos de ação se alguns integrantes ou todos perderem o contato.
7- Defina se irá cada um na sua ou não e tenha isso claro desde o inicio, e formar um grupo homogêneo e com os objetivos claros e de comum acordo.
8- Esses cuidados garantirão uma prova segura, divertida e memorável pelas melhoras experiências! É só curtir e comemorar!!
E para finalizar , só nos resta dizer até muito breve e ….
 i_want_to_ride_my_bicycle

6 comentários em “Pedal Urbano no Rio, será? Audax Brevet RJ 200k !

  1. CÉSAR E SCHEILA,
    BOA TARDE!!
    Nos últimos dias tenho lido o blog de vocês por diversas vezes….rsrs..
    Cada hora entro procurando uma dica e/ou orientação e sempre acho resposta para as minhas dúvidas. rs
    Estou inscrita para o meu primeiro Audax, a ser realizado em Fev/2017 Guapimirim e se estou inscrita, vocês muito me incentivaram com os vídeos postados aqui. Ando bastante ansiosa, mas tenho certeza que vou conseguir. Tenho um grande incentivador que é o meu lindo namorado, que já pedala há mais tempo e inclusive já fez o Audax. No início ele ficou com receio, mas depois dos vídeos que eu mostrei de vocês, ele até fez um treino básico comigo e agora já está acreditando que vou pedalar p valer… rsrs
    Depois do Audax, passo para dar um feedback do resultado.
    Abraço,
    Da mais nova ciclista Camila Lopes

    • Camila que demais! Seu comentário nos deixa muito felizes. O Audax é um super passeio que te desafia, mas tudo na medida. E vc já tem o mais importante, a certeza de que vai fazer. Vai lá e faça! Curta o visual, sem tirar o foco da prova: pare, hidrate, se alimente, suplemente e vai! Vai terminar cansada e realizada 🙂 Aguardamos novidades!

  2. Só de imaginar já me dá revesgué !! Parabéns pelo relato, iniciativa, coragem, tudo mais que válido pra quem se interessa pelo evento e pela prática do ciclismo em geral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: