MUSCULAÇÃO

CONCEITOS EQUIVOCADOS SOBRE MUSCULAÇÃO

Temos escutado com frequência ainda comentários que refletem os mitos sobre a musculação e por isso convidamos nossa amiga/personal e especialista da área para clarificar um pouco destes conceitos equivocados sobre a musculação.

Por Anna Paula Fortes:

 A musculação, apesar de cada vez mais aumentar o número de adeptos, ainda provoca polêmicas e opiniões contraditórias, principalmente entre profissionais da saúde atualizados e os desatualizados, que informam equivocadamente aos seus pacientes conceitos ultrapassados, e assim, impedem que os mesmos possam ter uma qualidade de vida melhor. A seguir, esclarecerei alguns dos conceitos equivocados mais frequentes:

1-    QUEM TEM HÉRNIA DE DISCO NÃO PODE TREINAR MUSCULAÇÃO
Primeiramente, o indivíduo com hérnia discal deverá ser avaliado, realizar exames e detectar o grau da mesma. Não havendo crises agudas, a musculação bem orientada poderá ser introduzida, seguindo uma progressão de exercícios prescrita por um educador físico. A musculação é uma atividade muito segura para qualquer pessoa e lesão, já que seus movimentos são lineares, ou seja, não há torções (com exceção de “invencionismos”), portanto, não há motivos para ser proibida na rotina de alguém que seja detectado com hérnia, já que musculatura fortalecida ao redor da coluna vertebral só trará benefícios, estabilizando a mesma e impedindo a progressão da hérnia, ou seja, que haja expansão do núcleo pulposo (parte central da hérnia) e consequente pinçamento de nervos, fato este responsável pelas dores e crises.
herniadisco
2-    QUEM TEM LESÕES NO JOELHO, QUADRIL, COTOVELO E OMBRO NÃO PODE TREINAR MUSCULAÇÃO
Como na resposta anterior, avaliações e exames deverão ser realizados para detectar as lesões, para assim, um educador físico elaborar o programa de treinamento para fortalecimento de toda a musculatura ao redor das lesões e pelo mesmo motivo da hérnia (a musculação é LINEAR, sem torções), a musculação é SUPER SEGURA para qualquer lesão, desde que o movimento seja feito em angulações e amplitudes (que podem ser adaptadas e modificadas a qualquer momento caso necessite) que não provoquem pinçamentos e dores articulares.
amplitude
3-    QUEM QUER EMAGRECER NÃO PODE TREINAR MUSCULAÇÃO
Para emagrecer, nada melhor do que musculação + alimentação voltada para este objetivo, lembrando que os treinos aeróbios poderão complementar. Quem quer emagrecer deverá treinar musculação por vários motivos:
a)    Porque é uma atividade que gera aumento da liberação de hormônios,  substâncias estas responsáveis pelo ganho de massa muscular e queima de gordura durante, após o treino e a longo prazo.
b)    Não é durante o exercício que ocorre a maior queima de gordura, mas sim após, mesmo que o treino seja elaborado para gastar mais calorias. Neste caso, a musculação gera uma queima de gordura elevada após a mesma (quanto mais intenso, maior este efeito), para que o organismo se recupere de todo o esforço submetido.
c)     Outro fator importante, é que a massa muscular é o nosso tecido metabolicamente mais ativo, ou seja, que gasta mais calorias e precisa de mais nutrientes, e em repouso, é a gordura que fornece energia tanto para os músculos, como para as funções vitais (funcionamento dos órgãos, respiração, digestão, circulação…). Portanto, quanto mais massa muscular, maior a utilização da gordura e maior o gasto calórico.
musculac%cc%a7a%cc%83o-1024x824
4-    IDOSOS NÃO PODEM “PEGAR PESOS”
Os idosos, devido à perda gradativa de massa muscular (sarcopenia) e óssea (osteopenia), deveriam ser os primeiros a “pegarem pesos”, para minimizar os danos decorrentes destes declínios (todas as “ites” e “oses”: artrite, tendinites, artrose, osteoporose…),  por melhorar a força, resistência, dores musculares, e assim, diminuir os riscos de quedas e lesões, além de melhorar o sistema nervoso central, que segundo estudos recentes, a atividade física de um modo geral auxilia na melhora da memória e prevenção de Alzheimer mais do que as atividades intelectuais (livros, palavra-cruzadas, jogos etc…), além de prevenir e melhorar a depressão e elevar a autoestima.
musculacao-rompendo-fronteiras
5-    MUSCULAÇÃO REDUZ OS SEIOS
Para reduzir os seios, é necessário diminuir drasticamente os níveis de gordura corporal através da alimentação e exercício físico. Outra forma é através da utilização de hormônios masculinos (esteróides anabolizantes). Fora estas 2 formas, a musculação de forma isolada não tem este poder.
women-weight-train-and-burn-more-fat_04
6-    MULHERES NÃO PODEM TREINAR COM MUITA CARGA OU MUITA INTENSIDADE PARA NÃO SE TORNAREM MASCULINAS
A única forma de se tornar masculina é através de hormônios masculinos.
A musculação de forma isolada não tem este poder.
É muito difícil até para os homens se tornarem fortes. Reflitam: quantos homens você conhece que são realmente fortes, com exceção de fisiculturistas e atletas, ou seja, pessoas comuns que apenas treinam intensamente em academias? Te asseguro que menos de 10!!! Imagine o quanto é difícil para mulheres, que possuem de 10 a 20x menos hormônios masculinos que os homens!
before_after
Espero ter desvendado algumas das mais frequentes dúvidas e que aumente cada vez mais o número de praticantes desta preciosa modalidade!
Abraços a todos e qualquer dúvida, entre em contato comigo  personalpaulafortes.wix.com/treinoesaude
Profa. Esp. Paula Fortes CREF 014132/G-RJ Esp. em Personal Trainer e Musculação Esp. em Nutrição: Obesidade e Emagrecimento
anna-paula-fortes

0 comentário em “CONCEITOS EQUIVOCADOS SOBRE MUSCULAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: